Minha lista de blogs

quarta-feira, 11 de maio de 2016

DOCUMENTOS DE LEGALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO CONDADO DE YORK

PARA AMPLIAR É SÓ CLICAR NA FOTO
                      O loteamento Condado de York foi um empreendimento construído pela Kroy Construções e Imóveis  Ltda. controlada pelo Sr. Dr Augusto Campos. Está situado na Estrada dos Bandeirantes, 24333 - Vargem Grande - Bem em frente à Estrada do Sacarrão no centro do Bairro.
                      O empreendimento foi totalmente legalizado em conformidade com as normas vigentes na época de sua construção. Esse mérito devemos ao Dr. Augusto Campos que cumpriu rigorosamente todas as exigências da prefeitura conforme se pode constatar pelos documentos aqui postados. Essas exigências determinaram áreas de doação à cidade, vias públicas, praças e jardins. Conforme determina a lei, alguns lotes foram reservados (não podiam ser comercializados) até o cumprimento de todas as exigências para seu aceitamento final. 
                      Em 28 de Fevereiro de 1993, a prefeitura declarou que todos os requisitos foram atendidos de acordo com a lei municipal e liberou os lotes até então vinculados como garantia (vide documento de aceitação abaixo).
                      O caso do York foi uma exceção, pois nenhum outro loteador se dispunha a cumprir as exigências, optando por lotear clandestinamente, sem doar áreas para o município. Isso tornou as praças e áreas destinadas a jardins do loteamento York visadas para instalação de equipamentos públicos, como hospitais, creches, escolas, quadras poliesportivas, etc. para atender os moradores da região. 
                      Os moradores mais recentes não sabem o quanto lutamos para impedir isto. 
                      A Fundação Xuxa Meneguel, com autorização do então prefeito Luiz Paulo Conde e  apoio de vereadores, mandou uma equipe com caminhões e trator para implantar um canteiro de obras no local hoje conhecido como Jardim das Garças. Ali pretendiam construir um asilo. Eu pessoalmente impedi o trator de descer do caminhão. O Dr. Augusto deve estar lembrado pois estivemos juntos na subprefeitura para barrar este absurdo. 
                     A aprovação do loteamento data de 27.07.1982, conforme o processo número 06/309684-81. De forma que todas as ruas, praças, jardins e calçadas (passeio público), num total de 56 mil metros quadrados, passaram ao domínio público. Qualquer pessoa tem o direito de usufruí-los, tanto quanto os moradores. Este documento está na prefeitura, assinado pelo Dr, Augusto Campos e aprovado pela Secretaria de Urbanismo em 1982. A Rua Mário Lisboa de Carvalho, que é a principal tem CEP exclusivo cujo número é 22.785-595. Esta entronca em seu início com a Estrada dos Bandeirantes e no final com a Estrada Vereador Alceu de Carvalho, que é a mesma que passa pelo Shopping Recreio e Loteamento Maramar indo até a praia. 







DOCUMENTO DE ACEITAÇÃO





ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES 
O nome Loteamento Condado de York é apenas de fantasia e foi dado ao empreendimento quando da sua implantação. A partir do momento em que a prefeitura considerou que todas as exigências da lei foram cumpridas ela deu nome as ruas e estas passaram a ser simplesmente logradouros públicos que fazem parte do conjunto de ruas do Bairro Vargem Grande. Também as praças e jardins, que ainda tem nomes de fantasia, pertencem ao mesmo conjunto de áreas públicas do bairro. Isto é um fato irreversível.
Muitas pessoas ficam contra mim apenas porque falo a verdade sobre os fatos que conheço. Sou totalmente a favor de termos uma Associação de Moradores porque sei da precariedade dos atendimentos tanto da segurança pública como da manutenção das ruas, praças e jardins. Tanto assim é que, mesmo não sendo sócio, contribuo mensalmente com as taxas da mesma. 
Até hoje só participei de uma reunião, a convite do Dr. Augusto, no restaurante Skunna dia 04.05.2016 às 19,30 hs. Na ocasião pude observar que muitos moradores a consideram que a Kroy ainda é loteadora e ficam fazendo cobranças, muitas delas sem nenhum sentido. 
Vamos ser realistas. A ex loteadora já cumpriu todas as suas obrigações e se faz alguma concessão é por pura gentileza da parte de seu proprietário. 
O QUE PODEMOS PEDIR À KLOY?
A Kroy tem os mesmos direitos e deveres dos demais proprietários de lotes. A diferença é que ela é proprietária de muitos lotes que ainda não vendeu e por isso pode influir no futuro do York com os empreendimentos que certamente fará em seus lotes. Podemos pedir que mantenha sempre limpos seus lotes e quando fizer algum empreendimento nos mesmos o faça de forma a garantir um futuro sem "espigões" como está ocorrendo no Recreio dos Bandeirantes, especialmente no local denominado Lagoa Bonita que antes só havia casas e que agora estão sendo demolidas e dando lugar a espigões. Lembro aos moradores que o York e a Capitão Pedro Afonso estão sendo visadas por grandes construtoras, especialmente porque são os únicos locais totalmente legalizados, condição indispensável para qualquer empreendimento. 
Nicéas Romeo Zanchett